quinta-feira, 28 de agosto de 2008

A banda voltará ao estúdio no mês de outubro...

De acordo com o Boston Globe,a banda voltará ao estúdio em outubro e sairá em turnê no início do próximo ano.

No momento,Joey Kramer está em turnê com o músico de blues John Montgomery, com quem ele formou a KRAMER/MONTGOMERY band.

"O James está há tanto na estrada quanto nós e a gente sempre pensou em tocar juntos", disse Kramer ao Boston Globe.

"Ele tinha algumas datas marcadas e perguntou se eu aceitaria participar. Eu disse 'Claro'".

Os shows ocorrem dia 12 de setembro no Roxy e 13 de setembro na Academy of Music, em Northampton.

Tyler lança segunda autobiografia em 5 anos...

LOS ANGELES (Reuters)
- A vida do vocalista de Steven Tyler, é tão divertida que ele está escrevendo sua segunda autobiografia, de acordo com reportagens.

Ecco, uma marca da editora HarperCollins, venceu um leilão e vai pagar 2 milhões de dólares para publicar o livro de Tyler, 60, informou o New York Business em seu site, na terça-feira

Tyler e seus colegas já falaram sobre sua vida conturbada no livro "Walk This Way: The Autobiography of Aerosmith", lançado originalmente em 1997 e reeditado com mais informações em 2003, escrito em parceria com Stephen Davis, conhecido por lavar a roupa suja do Led Zeppelin em "Hammer of the Gods".

Um porta-voz da Ecco recusou-se a comentar e uma porta-voz do Aerosmith disse que não tinha informações sobre o negócio do livro. O Aerosmith ficou famoso nos anos 1970 com canções como "Walk This Way" e "Back in the Saddle". A banda ficou conhecida pelo estilo de vida festeiro e o uso de drogas. Tyler e Joe Perry inclusive receberam o apelido de "Gêmeos Tóxicos".

Mas o cantor virou um defensor da sobriedade nas últimas duas décadas, embora tenha admitido em maio que deu entrada em uma clínica de reabilitação, porque precisava "recuperar um ambiente seguro", depois de dolorosas cirurgias no pé.

'Guitar hero: Aerosmith' entrega jogo e documentário da banda...


Título marca nova estratégia da indústria ao apostar em um só artista.
Mesmo para não-fãs, game deve garantir pura diversão 'guitarrística'.


O sucesso estrondoso de games musicais como "Guitar hero" e "Rock band", em que o jogador "toca" as músicas com réplicas de instrumentos de plástico, vem se mostrando uma alternativa interessante para gravadoras e artistas reverterem as significativas perdas com a venda de CDs da última década. Juntas, em um ano, as duas franquias concorrentes foram responsáveis pela venda de 25 milhões de faixas em seus respectivos canais de download, de acordo com reportagem deste mês da revista "Blender".

Um passo ainda mais ambicioso para a simbiose entre artista e videogames foi dado agora com "Guitar hero: Aerosmith", que, em vez de uma seleção de diversos nomes do rock e do pop, foca essencialmente em uma única banda.

São ao todo 25 faixas do grupo - incluindo os bônus -, que cobrem diversas fases da carreira do Aerosmith: das mais antigonas "Sweet emotion" e "Toys in the attic" (1975) passando pela clássica parceira com o Run DMC em "Walk this way" (1986) às mais novas "Livin on the edge" (1993) e "Beyond beautiful" (2001), todas em suas gravações originais. "Mama kin", "Dream on", "Making it" e "Movin' out", do álbum de estréia da banda, de 1973, também aparecem em versões recriadas especialmente para o game. (Antes que algum roqueiro mais radical pergunte: não, baladas açucaradas como "Cryin", "Amazing", "Jaded" e "I don't want to miss a thing" não entraram no jogo!).

Além de músicas do Aerosmith, que representam três quartos do repertório total, há também faixas de bandas que o influenciaram como Kinks, The Clash e Mott the Hoople - uma das preferidas de David Bowie nos anos 60 - e outras com quem o grupo já dividiu o palco, como Cheap Trick, Ted Nungent e o já citado Run DMC. A proposta é que o jogador execute essas faixas como se fossem de bandas de abertura para, então, atendendo aos gritos do público, convocar os músicos do Aerosmith ao palco (o vocalista Steven Tyler, os guitarristas Joe Perry e Brad Whitford, o baixista Tom Hamilton e o baterista Joey Kramer ganharam seus próprios avatares no game).

A interface e o modo de jogo de "Guitar hero: Aerosmith" são praticamente idênticos às versões anteriores de "GH", com uma e outra, digamos, distração adicional - como a câmera de baixo para cima que permite espiar a calcinha das meninas das bandas de abertura.

Documentário interativo

A principal mudança fica por conta dos cenários, decorados com elementos das capas dos discos da banda e que reproduzem lugares que sediaram algumas das principais apresentações da carreira do Aerosmith. Começa pelo palco do Nipmuc Regional High School, colégio onde a banda fez seu primeiro show no início dos anos 70; segue para a Max's Kansas City, lendária casa noturna da cena punk de Nova York; retorna ao Orpheum Theatre, em Boston, cidade natal do grupo; para depois mergulhar nos chamados shows de arena, que incluem uma apresentação no intervalo do Super Bowl, outra em Moscou, onde a banda tocou para 60 mil pessoas em 2007, e finalmente o palco do Rock and Roll Hall of Fame, que imortalizou oficialmente o Aerosmith no panteão roqueiro americano em 2001.

A cada mudança de cenário, os integrantes da banda aparecem em vídeos dando depoimentos que ajudam a explicar sua trajetória ao longo das últimas três décadas. A novidade transforma "Guitar hero: Aerosmith" em um item ainda mais interessante para os fãs do grupo de Tyler, Perry e cia. Mais do que só um jogo e uma espécie de coletânea interativa de sucessos da banda, "GHA" funciona também como um documentário, um registro histórico lançado em um momento em que esses dinossauros do rock buscam uma renovação de público. Não é loucura imaginar que, como o Metallica, outros artistas venham a anunciar projetos semelhantes num futuro muito breve.

O aspecto possivelmente mais duvidoso do game está em saber qual será a reação dos não-fãs do grupo. É bem provável que pessoas que odeiem o Aerosmith passem longe deste lançamento, mas gostando ou não da banda, o formato de hard rock com um tempeiro blueseiro e a guitarra virtuosa de Joe Perry fazem do repertório de "GHA" um dos mais coerentes disponíveis até agora na franquia. Afinal, estamos falando aqui de "heróis da guitarra", e, que me perdoem os fãs, bandas como Ramones, Nirvana, Foo Fighters, Tenacious D, Strokes e Franz Ferdinand - todas presentes nas versões anteriores - estão longe de serem conhecidas pela habilidade de seus guitarristas.





quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Integrantes comentam "Guitar Hero"...

De acordo com Laura Leebove, do site Billboard.com, os fãs na vida real do AEROSMITH gritaram tão alto quanto os fãs virtuais em um pequeno vídeo de demonstração do “Guitar Hero: Aerosmith” durante uma entrevista coletiva (no dia 27 de junho) realizada no Hard Rock Cafe de Nova York. Todos os cinco membros da banda estiveram no evento para responder perguntas sobre o jogo, o qual os fãs tiveram a oportunidade de testar antes de chegar às lojas (o que ocorreu 2 dias após a entrevista).


A idéia de “Guitar Hero: Aerosmith” é o jogador progredir através da carreira de 40 anos da banda. Os jogadores têm a oportunidade de tocar músicas dos primórdios do AEROSMITH, assim como músicas de artistas que tocaram com ou influenciaram a banda, como Joan Jett e Run DMC.


Entre as faixas do AEROSMITH usadas no jogo estão “Sweet Emotion”, “Living’ On The Edge”, “Walk This Way” e “Dream On”. O jogo será lançado para Wii, Xbox 360 e Playstation 2 e 3.


O vocalista Steven Tyler disse que o processo de animação da banda não foi fácil. Os criadores do jogo “me embrulharam em uma roupa de borracha, e eu gastei sete horas por dias por duas semanas indo lá com minhas mãos e fazendo essa coisa ser tudo o que o Aerosmith é,” ele explicou.
O baixista Tom Hamilton brincou que o jogo o lembrava da primeira vez que a banda foi retratada em animação, que foi em 'Os Simpsons'”.
Os jogadores começam como o guitarrista Joe Perry, mas completar diferentes níveis os permite jogar também como o guitarrista Brad Whitford e Hamilton.
A banda começa tocando em clubes e faz seu caminho até os shows em estádios.
“Jogar o jogo Guitar Hero me colocou em contato de novo com as antigas músicas,” disse o baterista Joey Kramer. “Eu recomecei a ouvir os antigos álbuns. Isso é realmente incrível. Me fez ficar realmente orgulhoso de todos nós porque eu não ouvia esses discos há muito tempo.”

Os jovens apreciam os clássicos

A revista "Sound & Vision" publicou uma entrevista com Joe Perry, em que ele fala sobre video games (como o seu próprio Guitar Hero: Aerosmith), as maravilhas do vinil, sistemas de som "surround", dentre outras coisas.

Abaixo, a parte da entrevista em que Joe fala sobre a paixão dos jovens pelos clássicos:

Me fale sobre “Guitar Hero: Aerosmith”. Deve ser uma honra ser a primeira banda a ter um jogo inteiro dedicado à sua carreira!

Perry:
"Quando vi meu filho Roman jogando Guitar Hero há poucos anos atrás, fiquei maravilhado. Eu observo muitas coisas de crianças e adolescentes, assim descubro o que está havendo atualmente que afeta a indústria do entretenimento. O que aprendi de mais importante é que os jovens hoje em dia realmente apreciam os clássicos".
"Quando o CREAM fez aqueles shows de reunião da banda em Nova Iorque em 2005, eu estava em Vermont. Meu filho Tony me perguntou, 'Pai, que horas nós vamos sair para o show do CREAM?' e eu disse, 'Ah, não sei se nós vamos.' Ele então respondeu, 'O que você quer dizer? Está brincando? Nós temos que ir! Eu nunca pude vê-los e eles estão fazendo história.' Ele tinha 20 anos na época. Isso me deixou pensando, 'Isso é importante. Ele está realmente entendendo, não somente como um músico, mas como um jovem apreciando este tipo de música e colocando uma grande importância na oportunidade de ver o Cream.' Foi aí que repensei e disse, 'É, acho que vamos.' Nós fomos ao show, e eles foram ótimos".

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Galeria de fotos...

make avatar




Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Photobucket



Entrevista antes do Show...

Estádio do Morumbi -12/04/2007 " O maior,o melhor,o inesquecivél Aerosmith Brasil"

Com abertura de Velvet Revolver...

O Velvet Revolver, responsável pelo aquecimento do público, iniciou sua apresentação com “Let it Roll”, já animando o pessoal que foi se espremer na frente do palco. Formado por ex-integrantes de duas bandas que fizeram sucesso no passado, o Velvet Revolver fez um show competente e contagiante.
O clima era de festa e o grande destaque da apresentação foi o guitarrista Slash. Com seu visual inconfundível, Slash arrancava gritos e assovios da platéia toda vez que aparecia no telão. Já Scott Weiland - ao vivo, mais afetado ainda - comandava o microfone, e às vezes o megafone, com seu jeitão de ‘rock star’ decadente.

Ao vivo a banda soa mais pesada. No repertório, canções do Guns n’ Roses além das músicas do Velvet. “Fall To Pieces” e “Set Me Free” foram as mais correspondidas pelo público. A escolha de “Mr. Brownstone”, do Guns n’ Roses, fica um tanto cômica, já que tanto Axl quanto Scott Weiland são chegados na pedrinha marrom de que fala a música. Mas a grande maioria nem prestou atenção na mensagem da canção ou nos palavrões proferidos por Scott Weiland durante a apresentação. Foi a música que encantou o público.

O Grande Show...
A grande promessa da noite era o show do Aerosmith, em única apresentação no Brasil, com a turnê “Route of All Evil”. Há 13 anos atrás eles se apresentaram no mesmo Estádio do Morumbi com a turnê do “Get a Grip”. Foi um dos melhores shows que assisti e minha pergunta era se eles seriam capazes de fazer uma apresentação tão boa quanto aquela. Nessa noite de 12 de abril os cinquentões atenderam às minhas expectativas.
Perto das 23h00, o Aerosmith entra num palco escuro com telões exibindo imagens da banda e a bandeira do Brasil. As luzes se acendem e logo de cara, mandam “Love in an Elevator”, seguida da clássica “Toys In The Attic”, do álbum de mesmo nome, de 1975. É impressionante como, numa carreira que ultrapassa 3 décadas, a banda consegue manter a energia e a capacidade de emocionar seu público.
É verdade que o Aerosmith teve seus altos e baixos, mas hoje, ainda que seus lançamentos recentes não alcancem o esplendor de antigos clássicos, a banda - com especial ênfase em Steven Tyler e Joe Perry - provoca momentos catárticos num estádio lotado. O palco possuía uma passarela, que avançava no meio do público e permitia que Tyler e Perry desfilassem pertinho dos fãs, o primeiro com seu pedestal cheio de lencinhos e o segundo com sua guitarra.
Depois dos sucessos “Dude Looks Like a Lady”, “Fallin’ in Love”, “Jaded” e “Crying” - essa com a reação mais enfática da noite por parte do público, cantando e acenando com isqueiros e celulares - o show dá uma desacelerada com os blues “Baby Please Don’t Go“, “Stop Messin’ Around”, cantada por Joe Perry, e “Seasons of Wither”, com direito a banquinho e violão (plugado, claro).
Nesse momento, alguém da equipe da produção vem informar a imprensa: 62 mil pessoas estão no Estádio do Morumbi. Com ingressos variando entre R$ 140,00 e R$ 200,00 - mesmo que a carterinha de estudante deixe isso mais acessível - o tamanho do público impressiona. Por falar em preços, cerveja a R$ 5,00 o copo - quente - é realmente um absurdo... Mas voltemos ao show.
Daí pra frente, o Aerosmith trouxe mais sucessos: “Dream On”, “Janie’s Got a Gun”, “Livin’ on the Edge”, “Rag Doll” e “Sweet Emotion”, esta com direito a solo performático de Joe Perry no final. Para o bis, o Aerosmith escolheu “Walk This Way” que, embora seja uma canção forte, não levantou o público tanto quanto poderia. Talvez já estivessem cansados. Em uma palavra, as quase duas horas de show se resumem assim: maravilhoso.

Abertura Velvet Revolver- Mr Browstone...

Love in an Elevator...

Toys In The Attic...

Dude Look Like a Lady...

Fallin´ Love (Is Hard On The Knees)...

Cryin'...

What is Takes...

Jaded...

Baby Please Don't Go...

Stop Messin Around...

Seasons Of Wither...

Dream on

Janie's Got a Gun...

Livin' On The Edge...

I Don't Want To Miss A Thing...

Rag Doll...

Sweet Emotion...

Draw the Line..

Mother Popcorn...

Walk this way...

Muita Emoção...

Matéria na Tv...

domingo, 27 de julho de 2008

Run DMC and Kid Rock - Walk This Way...

Walk This Way , 1978 (Show)

Train Kept A Rollin' ,1974...

Toys In The Attic...

Draw the Line...

Santana - Just Feel Better (Steven Tayler)

Angel...

Pink...

Hole in my soul...

What it takes...

Love in a elevator...

Dude... (looks like a lady)

Sweet Emotion...

Janie's Got a Gun...

Jaded...

I Don't Wanna Miss a Thing...

Amazing...

Crazy...

Cryin...

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Discografia...

1973 - Aerosmith

Aerosmith é o álbum de estréia, lançado em 1973.

Faixas

"Make It" - 3:38
"Somebody" (S. Emspack, Tyler) - 3:45
"Dream On" - 4:27
"One Way Street" - 7:00
"Mama Kin" - 4:27
"Write Me A Letter" - 4:10
"Movin' Out" (Joe Perry, Tyler) - 5:02
"Walkin' the Dog" (Rufus Thomas) - 3:12

Integrantes

Tom Hamilton - baixo
Joey Kramer - bateria
Joe Perry - baixo, guitarrra, percussão, vocais, background vocais
Steven Tyler - baixo, gaita, percussão, teclado, vocais, flauta
Brad Whitford - guitarra, guitarra-base
Músicos extras
David Woodford - saxofone

Músicos extras

David Woodford - saxofone

1974 - Get Your Wings

Get Your Wings, é o segundo àlbum do grupo.

Faixas

"Same Old Song and Dance" (Joe Perry/Steven Tyler) – 3:53
"Lord of the Thighs" (Tyler) – 4:14
"Spaced" (Perry, Tyler) – 4:21
"Woman of the World" (Darren Solomon, Tyler) – 5:49
"S.O.S. (Too Bad)" (Tyler) – 2:51
"Train Kept A-Rollin" (Tiny Bradshaw, Howard Kay, Lois Mann) – 5:33
"Seasons of Wither" (Tyler) – 5:38
"Pandora's Box" (Joey Kramer, Tyler) – 5:43

Integrantes

Tom Hamilton - baixo
Joey Kramer - bateria
Joe Perry - baixo, guitarrra, percussão, vocais, background vocais
Steven Tyler - gaita, percussão, teclado, vocais, flauta
Brad Whitford - guitarra, guitarra-base

1975 - Toys in the Attic

Toys in the Attic é o terceiro álbum, editado em 1975. Hoje é considerado um clássico do rock.

Faixa

"Toys in the Attic" (Perry, Tyler) - 3:05
"Uncle Salty" (Hamilton, Tyler) - 4:10
"Adam's Apple" (Tyler) - 4:34
"Walk This Way" (Perry, Tyler) - 3:40
"Big Ten Inch Record" (Fred Weismantel) - 2:16
"Sweet Emotion" (Hamilton, Tyler) - 4:34
"No More No More" (Perry, Tyler) - 4:34
"Round and Round" (Tyler, Whitford) - 5:03
"You See Me Crying" (Darren Solomon, Tyler) - 5:12

Integrantes

Tom Hamilton - baixo, guitarra rítmica
Joey Kramer - percussão, bateria, vocais
Joe Perry - acoustic guitar, baixo, guitarra, percussão, guitarra rítmica, vocais, background vocals, slide guitar
Steven Tyler - baixo, gaita, percussão, keyboard, vocais
Brad Whitford - guitarra, guitarra rítmica

Adicionais

Scott Cushnie - piano
Michael Mainieri, Jr. - conductor
Jay Messina - percussion, marimba

1976 - Rocks

Rocks é o Quarto álbum de estúdio do grupo.

Faixas

"Back in the Saddle" (Perry, Tyler) – 4:39
"Last Child" (Tyler, Whitford) – 3:27
"Rats in the Cellar" (Perry, Tyler) – 4:06
"Combination" (Perry) – 3:39
"Sick as a Dog" (Hamilton, Tyler) – 4:12
"Nobody's Fault" (Tyler, Whitford) – 4:25
"Get the Lead Out" (Perry, Tyler) – 3:42
"Lick and a Promise" (Perry, Tyler) – 3:05
"Home Tonight" (Tyler) – 3:16

Integrantes

Tom Hamilton - guitarra
Joey Kramer - Percussão, bateria
Joe Perry - backing vocal, guitarra, baixo
Steven Tyler - gaita, piano, vocal
Brad Whitford - guitarra

Adicionais

Paul Prestopino - banjo

1977 - Draw the Line

Draw the Line é o quinto álbum de estúdio. O álbum recebeu certificação de platina dupla pela RIAA.

Faixas

"Draw the Line" (Perry, Tyler) – 3:23
"I Wanna Know Why" (Perry, Tyler) – 3:09
"Critical Mass" (Jack Douglas, Hamilton, Tyler) – 4:53
"Get It Up" (Perry, Tyler) – 4:02
"Bright Light Fright" (Perry) – 2:19
"Kings and Queens" (Douglas, Hamilton, Kramer, Tyler, Whitford) – 4:55
"The Hand That Feeds" (Douglas, Hamilton, Kramer, Tyler, Whitford) – 4:23
"Sight for Sore Eyes" (Douglas, David Johansen, Perry, Tyler) – 3:56
"Milk Cow Blues" (Kokomo Arnold) – 4:14

Integrantes

Tom Hamilton - guitarra
Joey Kramer - bateria
Joe Perry - backing vocal, guitarra
Steven Tyler - gaita, piano, vocal
Brad Whitford - guitarra

1979 - Night in the Ruts

Night in the Ruts é o sexto álbum de estúdio, lançado em Novembro de 1979.

Faixas

"No Surprise" – 4:25
"Chiquita" – 4:24
"Remember (Walking in the Sand)" – 4:05
"Cheese Cake" – 4:15
"Three Mile Smile" – 3:42
"Reefer Head Woman" – 4:02
"Bone to Bone (Coney Island White Fish Boy)" – 2:59
"Think About It" – 3:35
"Mia" – 4:14

Integrantes

Tom Hamilton- baixo
Joey Kramer- bateria
Joe Perry - baixo, guitarrra, percussão, vocais, background vocais
Steven Tyler - gaita, percussão, teclado, vocais, flauta
Brad Whitford - guitarra, guitarra-base

1982 - Rock in a Hard Place

Rock in a Hard Place é o sétimo álbum, lançado em Agosto de 1982.
Deste álbum saíram dois singles, "Lightning Strikes" e "Bitch's Brew".

Faixas

"Jailbait" – 4:38
"Lightning Strikes" – 4:26
"Bitch's Brew" – 4:14
"Bolivian Ragamuffin" – 3:32
"Cry Me a River" – 4:06
"Prelude to Joanie" – 1:21
"Joanie's Butterfly" – 5:35
"Rock in a Hard Place (Cheshire Cat)" – 4:46
"Jig Is Up" – 3:10
"Push Comes to Shove" – 4:28

Integrantes

Tom Hamilton - baixo
Joey Kramer - bateria
Jimmy Crespo - guitarra
Steven Tyler - gaita, percussão, teclado, vocais, flauta
Rick Dufay - guitarra

1985 - Done With Mirrors

Done with Mirrors é o oitavo álbum, lançado em Novembro de 1985.
Deste disco saíram três singles, "Let the Music Do the Talking", "Shela" e "My Fist Your Face"


Faixas

"Let the Music Do the Talking" – 3:44
"My Fist Your Face" – 4:21
"Shame on You" – 3:22
"The Reason a Dog" – 4:13
"Shela" – 4:25
"Gypsy Boots" – 4:16
"She's on Fire" – 3:47
"The Hop" – 3:45
"Darkness" – 3:43

Integrantes

Tom Hamilton - baixo
Joey Kramer - bateria
Joe Perry - guitarrra, percussão, vocais, background vocais
Steven Tyler - gaita, percussão, teclado, vocais, flauta
Brad Whitford - guitarra, guitarra-base

1987 - Permanent Vacation

Permanent Vacation é um dos álbum de estúdio. Foi lançado no ano de 1987, e possui 12 canções.
Este álbum é considerado por muitos fãs como um divisor de águas entre o periodo das drogas e o periodo do novo Aerosmith livre das drogas.

Por este e outros motivos, trouxe a banda de volta as paradas de sucesso dos Estados Unidos com os hits "Dude (Looks Like a Lady)" (14º lugar nas paradas), "Rag Doll" (17º lugar nas paradas), e o top 10 "Angel", que chegou ao top 3º lugar nas paradas, e foi muito elogiada por críticos.

A canção conta com uma exelente performance de Joey Kramer na bateria, e também um ótimo solo de Joe Perry.
Este álbum também posui um cover, a faixa 11 "I'm Down", escrita por John Lennon e Paul McCartney, e gravada originalmente pelos Beatles.

Permanent Vacation recebeu múltiplas certificações de platina. Em 1995 chegou ao status de 5x Platina nos Estados Unidos.


Faixas

"Heart's Done Time" (Perry/Child)
"Magic Touch" (Tyler/Perry/Vallence)
"Rag Doll" (Tyler/Perry/Vallence/Knight)
"Simoriah" (Tyler/Perry/Vallence)
"Dude (Looks Like a Lady" (Tyler/Perry/Child)
"St. John" (Tyler)
"Hangman Jury" (Tyler/Perry/Vallencve)
"Girl Keeps Coming Apart" (Tyler/Perry)
"Angel" Tyler/Vallence)
"Permanent Vacation"(Tyler/Whitford)
"I'm Down" (Lennon/McCartney)
"The Movie" (Tyler/Perry/Hamilton/Whitford/Kramer)

Integrantes

Tom Hamilton - baixo
Joey Kramer - bateria
Joe Perry - guitarra, percussão, vocais, background vocais
Steven Tyler - gaita, percussão, teclado, vocais, flauta
Brad Whitford - guitarra, guitarra-base

1989 - Pump

Pump é o nome de um álbum de estúdio lançado em Setembro de 1989, na gravadora Geffen. O álbum foi remasterizado e reeditado em 2001.
Este álbum rendeu à banda o seu primeiro Grammy.

Faixas

"Young Lust" (Perry, Tyler, Jim Vallance) – 4:18
"F.I.N.E." (Perry, Tyler) – 4:09
"Going Down" – 0:17 / Love in an Elevator (Perry, Tyler) – 5:21
"Monkey On My Back" (Perry, Tyler) – 3:57
"Water Song" – 0:10 / Janie's Got a Gun (Hamilton, Tyler) – 5:28
"Dulcimer Stomp" – 0:49 / The Other Side (Tyler, Vallance) – 4:07
"My Girl" (Perry, Tyler) – 3:10
"Don't Get Mad, Get Even" (Perry, Tyler) – 4:48
"Hoodoo" – 0:55 / Voodoo Medicine Man (Tyler, Whitford) – 3:44
"What it Takes" (Desmond Child, Perry, Tyler) – 6:28

Integrantes


Tom Hamilton - baixo
Joey Kramer- bateria
Joe Perry - guitarra, percussão, vocais, background vocais
Steven Tyler- gaita, percussão, teclado, vocais, flauta
Brad Whitford - guitarra, guitarra-base

1993 - Get a Grip


Get a Grip é o décimo primeiro álbum de estúdio, algumas músicas muito polêmicas foram lançadas neste àlbum. Uma delas é o single Eat The Rich (Comam os Ricos em português), e uma das músicas mais conhecidas da banda, o single Crazy, que contava com as atrizes Alicia Silverstone e Liv Tyler (Filha de Steven Tyler,que na época tinham menos de 20 anos). Outros sucessos como Cryin' e Amazing foram revelados neste álbum.

Faixas

"Intro" (Joe Perry, Jim Vallance, Steven Tyler) – 0:23
"Eat the Rich" (Perry, Vallance, Tyler) – 4:09
"Get a Grip" (Perry, Vallance, Tyler) – 3:58
"Fever" (Perry, Tyler) – 4:15
"Livin' on the Edge" (Mark Hudson, Perry, Tyler) – 6:20
"Flesh" (Desmond Child, Perry, Tyler) – 5:56
"Walk on Down" (Perry) – 3:37
"Shut Up and Dance" (Jack Blades, Perry, Tommy Shaw, Tyler) – 4:55
"Cryin' " (Perry, Taylor Rhodes, Tyler) – 5:08
"Gotta Love It" (Hudson, Perry, Tyler) – 5:58
"Crazy" (Child, Perry, Tyler) – 5:16
"Line Up" (Lenny Kravitz, Perry, Tyler) – 4:02
"Amazing" (Richie Supa, Tyler) – 5:56
"Boogie Man" (Perry, Vallance, Tyler) – 2:16


Integrantes

Tom Hamilton - baixo
Joey Kramer - bateria
Joe Perry - guitarra, percussão, vocais, background vocais
Steven Tyler - gaita, percussão, teclado, vocais, flauta
Brad Whitford - guitarra, guitarra-base

1997 - Nine Lives


Este foi o Décimo Segundo disco da banda Americana Aerosmith, o disco vendeu cerca de 3 milhões de cópias em todo o mundo, foi indicado o Grammy de melhor Álbum de Rock e teve sucessos nas rádios como "Falling in Love (Is Hard on the Knees)", "Hole in My Soul", "Full Circle" e "Pink". Nine Lives é considerado por muitos fãs, como a Obra-Prima do Aerosmith.
Faixas

"Nine Lives"
"Falling in Love (Is Hard on the Knees)"
"Hole in My Soul"
"Taste of India"
"Full Circle"
"Something's Gotta Give"
"Ain't That a Bitch"
"The Farm"
"Crash"
"Kiss Your Past Good - Bye"
"Pink"
"Falling Of"
"Attiitude Adjustment"
"Fallen Angels"
Faixas bônus(versão internacional)
"Falling Off" (Tyler, Perry, Frederiksen) - 3:02
Faixas bônus (versão japonesa)
"Falling Off" (Tyler, Perry, Frederiksen) - 3:02
"Fall Together" (Tyler, Hudson, Greg Wells, Dean Grakal) - 4:38
Faixas bônus (versão argentina)
"Falling Off" (Tyler, Perry, Frederiksen) - 3:02
"I Don't Want to Miss a Thing" (Diane Warren) - 4:56
Integrantes
Tom Hamilton - baixo
Joey Kramer - bateria
Joe Perry - baixo, guitarra, percussão, vocais, background vocais
Steven Tyler - gaita, percussão, teclado, vocais, flauta
Brad Whitford - guitarra, guitarra-base

2001 - Just Push Play

Just Push Play é o décimo-terceiro álbum, lançado em 2001 pela Columbia Records. O álbum foi produzido em conjunto com Marti Frederiksen e Mark Hudson. O primeiro single lançado, "Jaded", tornou-se Top 10 nos Estados Unidos, levando o álbum ao disco de platina. Os singles seguintes foram "Fly Away from Here", "Sunshine" e "Just Push Play".



Faixas

"Beyond Beautiful" (Marti Frederiksen, Mark Hudson, Perry, Tyler) – 4:45
"Just Push Play" (Steve Dudas, Hudson, Tyler) – 3:51
"Jaded" (Tom Hamilton, Tyler) – 3:34
"Fly Away from Here" (Chapman, Frederiksen) – 5:01
"Trip Hoppin'" (Frederiksen, Hudson, Perry, Tyler) – 4:27
"Sunshine" (Frederiksen, Perry, Tyler) – 3:37
"Under My Skin" (Frederiksen, Hudson, Perry, Tyler) – 3:45
"Luv Lies" (Frederiksen, Hudson, Perry, Tyler) – 4:26
"Outta Your Head" (Frederiksen, Perry, Tyler) – 3:22
"Drop Dead Gorgeous" (Hudson, Perry, Tyler) – 3:42
"Light Inside" (Frederiksen, Perry, Tyler) – 3:34
"Avant Garden" (Frederiksen, Hudson, Perry, Tyler) – 4:52

A versão Européia inclui a faixa "Face" e a Japonesa inclui a faixa "Won't Let You Down".

Integrantes

Tom Hamilton- baixo
Joey Kramer - bateria
Joe Perry - guitarra e vocal
Steven Tyler - guitarra, gaita, percussão, piano, conga, bateria, vocal e vocal de apoio
Brad Whitford - guitarra

Outros convidados

Paul Caruso - programação
Jim Cox - piano
Dan Higgins - clarinete e saxofone
Tony Perry - guitarra, vocal e vocal de apoio
Paul Santo - órgão Hammond e sintetizador
Tower of Power - corneta
Liv Tyler - sussuro

2004 - Honkin' on Bobo





Já em meados de 2003 era cogitado que lançariam um álbum que os traria de volta a suas raízes “o Blues”, “As coisas estão realmente muito boas para nós agora”, Tyler disse. “Nós estamos fazendo o que queremos do jeito que queremos, e isso é tudo o que uma banda poderia querer. Quando você está por aí há tanto tempo quanto nós, um dos maiores benefícios é que você tem muita liberdade musical. Você tem a chance de tentar algumas coisas e fazer experiências”.“Nós estivemos pensando em fazer um álbum como esse por um bom tempo”, Perry disse. “Mas você tem que achar a hora certa e as circunstâncias certas para fazer isso acontecer. Nós temos essas circunstâncias agora, e decidimos tirar vantagem disso”. Apesar do estilo do álbum ser bem definido, era óbvio que ficaria com a cara da banda. Honkin’ On Bobo é adiado várias vezes "O básico está pronto, só faltam alguns overdubs. Mas nem tantos assim, porque gravamos o álbum basicamente ao vivo", disse ele à Billboard.com.



Faixas


"Road Runner" (Bo Diddley) – 3:46
"Shame, Shame, Shame" (Ruby Fisher, Kenyon Hopkins) – 2:15
"Eyesight to the Blind" (Sonny Boy Williamson II) – 3:10
"Baby, Please Don't Go" (Big Joe Williams) – 3:24
"I Never Loved a Man (The Way I Love You)Never Loved a Girl" (Ronny Shannon) – 3:12
"Back Back Train" (Fred McDowell) – 4:24
"You Gotta Move" (Rev. Gary Davis, McDowell) – 5:30
"The Grind" (Steven Tyler, Joe Perry, Marti Frederiksen) – 3:47
"I'm Ready" (Willie Dixon) – 4:15
"Temperature" (Joel Michael Cohen, Little Walter) – 2:52
"Stop Messin' Around" (Clifford Adams, Peter Green) – 4:32
"Jesus Is on the Main Line" (Traditional) – 2:50

Integrantes

Tom Hamilton- baixo
Joey Kramer - bateria
Joe Perry - guitarra e vocal
Steven Tyler - vocal, gaita, piano
Brad Whitford - guitarra

Ao Vivo...

1978 - Live! Bootleg

Live! Bootleg é um álbum ao vivo, lançado em Outubro de 1978.
Grande parte das faixas foram gravadas de concertos dados entre 1977 e 1978.

Faixas

"Back in the Saddle" – 4:25
"Sweet Emotion" – 4:42
"Lord of the Thighs" – 7:18
"Toys in the Attic" – 3:45
"Last Child" – 3:14
"Come Together" – 4:51
"Walk This Way" – 3:46
"Sick as a Dog" – 4:42
"Dream On" – 4:31
"Chip Away the Stone" – 4:12
"Sight for Sore Eyes" – 3:18
"Mama Kin" – 3:43
"S.O.S. (Too Bad)" – 2:46
"I Ain't Got You" – 3:57
"Mother Popcorn"/"Draw the Line" – 11:35
"Train Kept A-Rollin'"/"Strangers in the Night" – 4:51

Integrantes
Tom Hamilton - baixo
Joey Kramer - bateria
Joe Perry - guitarra, vocais
Steven Tyler - gaita, vocais
Brad Whitford - guitarra

1986 - Classics Live! Vol. 1


Classics Live! Vol. 1 é um álbum gravado ao vivo, lançado em Abril de 1986.
Este disco foi gravado numa altura em que a banda estava a atravessar alguns problemas, como as drogas, e o seu guitarrista estava indeciso se ficava na banda bem como as vendas dos discos andavam mal. A maior parte das músicas já tinham saído no disco Live! Bootleg

Faixas

"Train Kept A-Rollin'" – 3:18
"Kings and Queens" – 4:39
"Sweet Emotion" – 5:00
"Dream On" – 5:02
"Mama Kin" – 3:43
"Three Mile Smile" / "Reefer Head Woman"* – 4:55
"Lord of the Thighs" – 6:42
"Major Barbara" – 4:01

1987 - Classics Live! Vol. 2


Classics Live! Vol. 2 é um álbum gravado ao vivo, lançado em Junho de 1987.
Grande parte das músicas foram gravadas na Passagem do Ano em 1984, onde os cinco membros originais da banda se voltaram a reunir.


Faixas

"Back in the Saddle" – 4:39
"Happy Birthday" / "Walk This Way" – 4:22
"Movin' Out" – 5:45
"Draw The Line" – 5:05
"Same Old Song and Dance" – 5:23
"Last Child" – 3:44
"Let the Music Do the Talking" – 5:47
"Toys in the Attic" – 4:05

1990 - Aerosmith on MTV Unplugged


01. Hangman Jury
02. Monkey On My Back
03. Love Me Two Times
04. Seasons Of Wither
05. Big Ten Inch Record
06. One Way Street
07. Smokestack Lightning
08. Dream On
09. Milk Cow Blues
10. Toys In The Attic
11. Walkin' The Dog
12. Train Kept A Rollin'
13. Last Child

1998 - A Little South Of Sanity


A Little South Of Sanity é um álbum gravado ao vivo, lançado a 20 de Outubro de 1998.


Faixas

Disco 1

"Eat the Rich" – 5:08
"Love in an Elevator" – 5:25
"Falling in Love (Is Hard on the Knees)" – 3:17
"Same Old Song and Dance" – 5:32
"Hole in My Soul" – 5:35
"Monkey on My Back" – 4:07
"Livin' on the Edge" – 5:20
"Cryin'" – 4:58
"Rag Doll" – 4:12
"Angel" – 5:37
"Janie's Got a Gun" – 5:04
"Amazing" – 5:15

Disco 2

"Back in the Saddle" – 5:58
"Last Child" – 4:57
"The Other Side" – 4:14
"Walk on Down" – 3:38
"Dream On" – 4:39
"Crazy" – 5:39
"Mama Kin" – 4:03
"Walk This Way" – 4:20
"Dude (Looks Like a Lady)" – 4:16
"What it Takes" – 5:10
"Sweet Emotion" – 5:42

2005 - Rockin' the Joint


Rockin' the Joint é um álbum ao vivo,lançado a 25 de Outubro de 2005.

Faixas

"Good Evening Las Vegas" – 0:22
"Beyond Beautiful" – 4:52
"Same Old Song and Dance" – 5:50
"No More No More" – 4:40
"Seasons of Wither" – 5:05
"Light Inside" – 3:35
"Draw the Line" – 7:23
"I Don't Want to Miss a Thing" – 4:33
"Big Ten Inch Record" – 4:17
"Rattlesnake Shake" – 8:25
"Walk This Way" – 4:13
"Train Kept A-Rollin'" – 5:13

Coletânias...

Greatest Hits


Greatest Hits é um álbum dos melhores êxitos da banda, lançado em Outubro de 1980.
Algumas das faixas são mais curtas do que as originais, nomeadamente "Same Old Song and Dance", "Sweet Emotion", e "Kings and Queens".

Faixas

"Dream On" – 4:28
"Same Old Song and Dance" – 3:01
"Sweet Emotion" – 3:12
"Walk This Way" – 3:31
"Last Child" – 3:27
"Back in the Saddle" – 4:38
"Draw the Line" – 3:21
"Kings and Queens" – 3:47
"Come Together" – 3:45
"Remember (Walking in the Sand)" – 4:05

Gems


Gems é o segundo álbum dos melhores êxitos da banda, lançado em Novembro de 1988.

Faixas


"Rats in the Cellar" – 4:06
"Lick and a Promise" – 3:05
"Chip Away the Stone" – 4:01
"No Surprize" – 4:26
"Mama Kin" – 4:27
"Adam's Apple" – 4:34
"Nobody's Fault" – 4:18
"Round and Round" – 5:03
"Critical Mass" – 4:52
"Lord of the Thighs" – 4:14
"Jailbait" – 4:39
"Train Kept A-Rollin'" – 5:41

Pandora's Box

Pandora's Box é o terceiro álbum dos melhores êxitos da banda, lançado em Novembro de 1991.

Este álbum contém três discos, com faixas novas, gravações ao vivo e remixes.





Faixas

Disco 1


"When I Needed You"
"Make It"
"Movin' Out"
"One Way Street"
"On the Road Again"
"Mama Kin"
"Same Old Song and Dance"
"Train Kept A-Rollin'"
"Seasons of Wither"
"Write Me a Letter"
"Dream On"
"Pandora's Box"
"Rattlesnake Shake"
"Walkin' the Dog"
"Lord of the Thighs"

Disco 2


"Toys in the Attic"
"Round and Round"
"Krawhitham"
"You See Me Crying"
"Sweet Emotion"
"No More No More"
"Walk This Way"
"I Wanna Know Why"
"Big Ten-Inch Record"
"Rats in the Cellar"
"Last Child"
"All Your Love"
"Soul Saver"
"Nobody's Fault"
"Lick and a Promise"
"Adam's Apple"
"Draw the Line"
"Critical Mass"

Disco 3


"Kings and Queens"
"Milkcow Blues"
"I Live in Connecticut"
"Three Mile Smile"
"Let It Slide"
"Cheese Cake"
"Bone to Bone"
"No Surprize"
"Come Together"
"Downtown Charlie"
"Sharpshooter"
"Shit House Shuffle"
"South Station Blues"
"Riff & Roll"
"Jailbait"
"Major Barbara"
"Chip Away the Stone"
"Helter Skelter"
"Back in the Saddle"
"Circle Jerk" (faixa escondida)

Big One


Big Ones é uma coletânea de 1994.


Faixas


Walk on Water - 4:54
Love in an Elevator - 5:22
Rag Doll - 4:24
What It Takes - 5:10
Dude (Looks Like a Lady) - 4:23
Janie's Got a Gun - 5:29
Cryin' - 5:07
Amazing - 5:55
Blind Man - 3:57
Deuces Are Wild - 3:33
The Other Side - 4:03
Crazy - 5:14
Eat the Rich - 4:09
Angel - 5:04
Livin' on the Edge - 6:20

Integrantes

Steven Tyler (Vocais, Gaita)
Joe Perry (Guitarra)
Brad Whitford (Guitarra)
Tom Hamilton (Baixo)
Joey Kramer (Bateria)

Box of Fire


Box of Fire é o quinto álbum dos melhores êxitos da banda Aerosmith, lançado a 22 de Novembro de 1994.
Faixas

Disco 1 (do álbum Aerosmith)
"Make It" – 3:38
"Somebody" – 3:45
"Dream On" – 4:27
"One Way Street" – 7:00
"Mama Kin" – 4:27
"Write Me a Letter" – 4:10
"Movin' Out" – 5:02
"Walking the Dog" – 3:12

Disco 2 (do álbum Get Your Wings)

"Same Old Song and Dance" – 3:53
"Lord of the Thighs" – 4:14
"Spaced" – 4:22
"Woman of the World" – 5:48
"S.O.S. (Too Bad)" – 2:51
"Train Kept A-Rollin'" – 5:33
"Seasons of Wither" – 5:39
"Pandora's Box" – 5:44

Disco 3 (do álbum Toys in the Attic)

"Back in the Saddle" – 4:39
"Last Child" – 3:27
"Rats in the Cellar" – 4:06
"Combination" – 3:39
"Sick as a Dog" – 4:12
"Nobody's Fault" – 4:25
"Get the Lead Out" – 3:42
"Lick and a Promise" – 3:05
"Home Tonight" – 3:16

Disco 4 (do álbum Draw the Line)

"Draw the Line" – 3:23
"I Wanna Know Why" – 3:09
"Critical Mass" – 4:53
"Get It Up" – 4:02
"Bright Light Fright" – 2:19
"Kings and Queens" – 4:55
"The Hand That Feeds" – 4:23
"Sight for Sore Eyes" – 3:56
"Milk Cow Blues" – 4:14

Disco 5 (do álbum Live! Bootleg)

"Back in the Saddle" – 4:25
"Sweet Emotion" – 4:42
"Lord of the Thighs" – 7:18
"Toys in the Attic" – 2:45
"Last Child" – 3:14
"Come Together" – 4:51
"Walk This Way" – 3:46
"Sick as a Dog" – 4:42
"Dream On" – 4:31
"Chip Away the Stone" – 4:12
"Sight for Sore Eyes" – 3:18
"Mama Kin" – 3:43
"S.O.S. (Too Bad) – 2:46
"I Ain't Got You" – 3:57
"Mother Popcorn" – 7:00
"The Train Kept A Rollin'/Strangers in the Night" – 4:51

Disco 6 (do álbum Night in the Ruts)

"No Surprize" – 4:25
"Chiquita" – 4:24
"Remember (Walking in the Sand)" – 4:05
"Cheese Cake" – 4:15
"Three Mile Smile" – 3:42
"Reefer Head Woman" – 4:02
"Bone to Bone (Coney Island White Fish Boy)" – 2:59
"Think About It" – 3:35
"Mia" – 4:14

Disco 7 (do álbum Greatest Hits)

"Dream On" – 4:28
"Same Old Song and Dance" – 3:01
"Sweet Emotion" – 3:12
"Walk This Way" – 3:31
"Last Child" – 3:27
"Back in the Saddle" – 4:38
"Draw the Line" – 3:21
"Kings and Queens" – 3:47
"Come Together" – 3:45
"Remember (Walking in the Sand)" – 4:05

Disco 8 (do álbum Rock in a Hard Place)

"Jailbait" – 4:38
"Lightning Strikes" – 4:26
"Bitch's Brew" – 4:14
"Bolivian Ragamuffin" – 3:32
"Cry Me a River" – 4:06
"Prelude to Joanie" – 1:21
"Joanie's Butterfly" – 5:35
"Rock in a Hard Place (Cheshire Cat)" – 4:46
"Jig Is Up" – 3:10
"Push Comes to Shove" – 4:28

Disco 9 (do álbum Classics Live! Vol. 1)

"The Train Kept A Rollin'" – 3:20
"Kings and Queens" – 4:46
"Sweet Emotion" – 5:14
"Dream On" – 4:50
"Mama Kin" – 3:41
"Three Mile Smile/Reefer Head Woman" – 4:54
"Lord of the Thighs" – 7:05
"Major Barbara" – 4:03

Disco 10 (do álbum Classics Live! Vol. 2)

"Back in the Saddle" – 4:38
"Walk This Way" – 4:22
"Movin' Out" – 5:44
"Draw the Line" – 4:47
"Same Old Song and Dance" – 5:45
"Last Child" – 3:43
"Let the Music Do the Talking" – 5:44
"Toys in the Attic" (Live) – 4:04

Disco 11 (do álbum Gems)

"Rats in the Cellar" - 4;06
"Like and a Promise" – 3:05
"Chip Away the Stone" – 4:01
"No Surprize" – 4:26
"Mama Kin" – 4:27
"Adam's Apple" – 4:34
"Nobody's Fault" – 4:18
"Round and Round" – 5:03
"Critical Mass" – 4:52
"Lord of the Thighs" – 4:14
"Jailbait" – 4:39
"The Train Kept A Rollin'" – 5:41

Disco Bonus

"Sweet Emotion" – 4:39
"Rockin' Pneumonia and the Boogie Woogie Flu" – 2:56
"Subway" – 3:31
"Circle Jerk" – 3:42
"Dream On" – 5:43

Best Ballads


1. Don't Want To Miss A Thing
2. Crazy
3. Blind Man
4. Dream On
5. Seasons Of Winter
6. What It Takes
7. The Reason
8. Cryin'
9. Druces Are Wild
10. Amazing
11. Angel
12. Don't Get Mad, Get Even
13. Janie's Got A Gun
14. Major Barbra
15. You See Me Crying
________________________________________________________________

Young Lust: The Aerosmith Anthology

Young Lust: The Aerosmith Anthology é o sexto álbum dos melhores êxits da banda Aerosmith, lançado a 20 de Novembro de 2001.
Este disco contém os seus melhores êxitos, bem como novas faixas, b-sides e versões ao vivo.

Faixas

1 "Let the Music Do the Talking" – 3:45
2 "My Fist Your Face" – 4:21
3 "Shame on You" – 3:20
4 "Heart's Done Time" – 4:41
5 "Rag Doll" – 4:24
6 "Dude (Looks Like a Lady)" – 4:23
7 "Angel" – 5:06
8 "Hangman Jury" – 5:33
9 "Permanent Vacation" – 4:48
10 "Young Lust" – 4:19
11 "The Other Side" – 4:06
12 "What It Takes" – 5:10
13 "Monkey on My Back" – 3:57
14 "Love in an Elevator" – 5:21
15 "Janie's Got a Gun" – 5:27
16 "Ain't Enough" – 4:57
17 "Walk This Way (with Run-DMC)" – 5:11
18 "Eat the Rich" – 4:32
19 "Love Me Two Times" – 3:15
20 "Head First" – 4:42
21 "Livin' on the Edge" – 5:37
22 "Don't Stop" – 4:02
23 "Can't Stop Messin'" – 4:34
24 "Amazing" – 5:34
25 "Cryin'" – 5:08
26 "Crazy" – 5:16
27 "Shut Up and Dance" – 4:50
28 "Deuces Are Wild" – 3:32
29 "Walk on Water" – 4:53
30 "Blind Man" – 3:57
31 "Falling in Love (Is Hard on the Knees)" – 3:25
32 "Dream On" – 4:53
33 "Hole in My Soul" – 5:37
34 "Sweet Emotion" – 5:52

___________________________________________________________________

O, Yeah! The Ultimate Aerosmith Hits

Depois do sucesso dos álbuns Nine Lives de 1997, da trilha sonora do filme Armageddon de 1998 e Just Push Play de 2001 surge a necessidade de novos fãs da banda de conhecer antigos trabalhos. Assim é lançado esta coletânea, um disco duplo com todos os grandes sucessos da banda desde a década de 1970. O CD conta com 33 faixas, sendo que duas inéditas: "Girls Of Summer", compacto de trabalho do álbum (o videoclipe foi gravado em South Beach, Miami contando com a presença de quinhentas modelos, dentre elas a brasileira Adriana Lima) e a balada "Lay It Down". Traz ainda "Just Push Play Remix" e "Walk This Way", performance com Run-DMC e "Theme From Spider-Man" nunca lançadas em álbuns da banda.

Faixas

Disco um
1 "Mama Kin" (Tyler), de Aerosmith – 4:26
2 "Dream On" (Tyler), de Aerosmith – 4:25
3 "Same Old Song and Dance" (Perry, Tyler), de Get Your Wings – 3:53
4 "Seasons of Wither" (Tyler), de Get Your Wings – 5:25
5 "Walk This Way" (Perry, Tyler), de Toys in the Attic – 3:39
6 "Big Ten Inch Record" (Weismantel), de Toys in the Attic – 2:14
7 "Sweet Emotion" (Hamilton, Tyler), de Toys in the Attic – 4:35
8 "Last Child" (Tyler, Whitford), de Rocks – 3:21
9 "Back in the Saddle" (Perry, Tyler), de Rocks – 4:40
10 "Draw the Line" (Perry, Tyler), de Draw the Line - 3:44
11 "Dude (Looks Like a Lady)" (Child, Perry, Tyler), de Permanent Vacation – 4:23
12 "Angel" (Child, Tyler), de Permanent Vacation – 5:07
13 "Rag Doll" (Knight, Perry, Tyler, Vallance), de Permanent Vacation – 4:24
14 "Janie's Got a Gun" (Hamilton, Tyler), de Pump – 5:28
15 "Love in an Elevator" (Perry, Tyler), de Pump – 5:23
16 "What it Takes" (Child, Perry, Tyler), de Pump – 5:12


Disco dois

1 "The Other Side" (Dozier, Holland, Holland, Tyler, Vallance), de Pump – 4:06
2 "Livin' on the Edge" (Hudson, Perry, Tyler), de Get a Grip – 6:21
3 "Cryin'" (Perry, Rhodes, Tyler), de Get a Grip – 5:08
4 "Amazing" (Supa, Tyler), de Get a Grip – 5:55
5 "Deuces Are Wild" (Tyler, Vallance), de Big Ones – 3:36
6 "Crazy" (Child, Perry, Tyler), de Get A Grip – 5:17
7 "Falling in Love (Is Hard on the Knees)" (Ballard, Perry, Tyler), de Nine Lives – 3:28
8 "Pink [The South Beach Mix]" (Ballard, Supa, Tyler), de Nine Lives – 3:54
9 "I Don't Want to Miss a Thing", de Armageddon (Warren) – 4:59
10 "Jaded" (Hamilton, Tyler), de Just Push Play – 3:35
11 "Just Push Play" [radio remix] (Dudas, Hudson, Tyler), de Just Push Play – 3:12
12 "Walk This Way" [com Run-D.M.C.] (Perry, Tyler) – 5:11
13 "Girls of Summer" (Frederiksen, Perry, Tyler) – 3:15
14 "Lay It Down" (DeGrate, Frederiksen, Perry, Tyler) – 3:50
15 "Come Together" [*] (John Lennon, Paul McCartney) – 3:45
16 "Theme From Spider Man" [*] (Harris, Webster) – 2:57
17 "Toys in the Attic" [*] (Perry, Tyler) – 3:05
* faixas bônus
________________________________________________________________
Devil's Got a New Disguise: The Very Best of Aerosmith

Foi lançado em outubro de 2006. e reúne os maiores sucessos da banda e mais duas novas canções.
O álbum pretende completar o contrato da banda com a Sony Music/Columbia Records e agradar os fãs até o lançamento do próximo álbum. A banda gostaria de passar mais tempo de 2006 gravando material para o novo álbum, mas tiveram vários contratempos pelo ano, incluindo a cirurgia de garganta do voalista Steven Tyler em março, a recuperação do tratamento de câncer na garganta do baixista Tom Hamilton e o conflito com a gravadora.
Faixas
Versão para Estados Unidos
1 "Dream On" - de Aerosmith – 4:26
2 "Mama Kin" - de Aerosmith – 4:26
3 "Sweet Emotion" - de Toys in the Attic – 4:35
4 "Back in the Saddle" - de Rocks – 4:40
5 "Last Child" - de Rocks – 3:26
6 "Walk This Way" (com Run-DMC) - de Raising Hell – 3:40
7 "Dude (Looks Like a Lady)" - de Permanent Vacation – 4:22
8 "Rag Doll" - de Permanent Vacation – 4:25
9 "Love in an Elevator" - de Pump – 5:22
10 "Janie's Got a Gun" - de Pump – 5:30
11 "What it Takes" - de Pump – 4:08 [editada]
12 "Crazy" - de Get a Grip – 4:04 [editada]
13 "Livin' on the Edge" - de Get a Grip – 4:21 [editada]
14 "Cryin" - de Get a Grip – 5:09
15 "I Don't Want to Miss a Thing" - de Armageddon – 4:28 [remix pop]
16 "Jaded" - de Just Push Play – 3:35
17 "Sedona Sunrise" – 4:18
18 "Devil's Got a New Disguise" – 4:27

Versão para Europa

1 "Dude (Looks Like a Lady)" - 4:22
2 "Love in an Elevator" - 5:22
3 "Livin' on the Edge" [editada] - 5:06
4 "Walk This Way" (com RUN DMC) [editada] - 3:41
5 "Cryin'" - 5:09
6 "Jaded" - 3:35
7 "Crazy" - [editada] 4:05
8 "Angel" - 5:06
9 "Janie's Got a Gun" [editada] - 4:32
10 "Amazing" - 5:57
11 "The Other Side - 4:06
12 "Dream On" - 4:26
13 "Sweet Emotion" - [editada] 3:12
14 "Falling in Love (Is Hard on the Knees)" - 3:25
15 "Pink" - 3:56
16 "I Don't Want to Miss a Thing" - 4:28
17 "Sedona Sunrise" [inédita] - 4:18
18 "Devil's Got a New Disguise" [inédita] - 4:27

Versão para Japão

1 "Dude (Looks Like a Lady)" - 4:22
2 "Love in an Elevator" - 5:22
3 "Livin' on the Edge" [editada] - 5:06
4 "Walk This Way" (RUN DMC) [versão do single] - 3:41
5 "Cryin'" - 5:09
6 "Jaded" - 3:35
7 "Crazy" - [editada] 4:05
8 "Angel" - 5:06
9 "Amazing" - 5:57
10 "The Other Side - 4:06
11 "Dream On" - 4:26
12 "Sweet Emotion" - [editada] 3:12
13 "Draw the Line" - [remix] 3:45
14 "Falling in Love (Is Hard on the Knees)" - 3:25
15 "Pink" - 3:56
16 "I Don't Want to Miss a Thing" - [rock mix] [versão do álbum] - 4:46
17 "Sedona Sunrise" [inédita] - 4:18
18 "Devil's Got a New Disguise" [inédita] - 4:27